Como melhorar o score de crédito

O score de crédito é um sistema que calcula a probabilidade que um cliente tem de pagar ou não. Essa ferramenta é utilizada em mais de 100 países e determina o perfil que cada consumidor se insere. Sendo assim, preparamos neste artigo maneiras de como melhorar o score de crédito.

O score se baseia num cálculo estatístico. Tem por finalidade ajudar os consumidores e empresas realizarem negócios de crédito. Sempre com maior agilidade e segurança, reduzindo os custos envolvidos nas operações creditícias.

O score é apenas um dos mais variados elementos utilizados pelas empresas para decidir acerca da concessão do crédito. Isto pois o sistema não afirma que o cliente já esteve, está ou ficará inadimplente.

Pontuação do score de crédito

Em casos mais comuns, a pontuação tem variação de 0 a 1000.  Quanto mais próximo de 1000, mais bem visto você será pelo mercado. Veja a tabela a seguir:

0 a 300 alto risco de inadimplência nos próximos 12 meses
301 a 700 médio risco de inadimplência nos próximos 12 meses
701 a 1000 baixo risco de inadimplência nos próximos 12 meses

Como o score é calculado com base em informações púbicas e nos registros disponíveis nos “bancos de Score” no momento que a consulta é feita, os resultados podem mudar, pois o além do consumidor poder atualizar os seus dados ou ser negativado, o sistema esta sempre realizando um novo cálculo baseado nas informações disponíveis.

como melhorar o score de créditoFormas de como melhorar o score de crédito

  1. Mantenha os dados cadastrais sempre atualizados, os maiores são: Serasa Experian, CDL, SPC BRASIL, CADIN, Boa Vista e Banco Central, sempre atualizados;
  2. Quitar as dívidas pontualmente. Ou seja, não deixar para pagar após o vencimento;
  3. Caso tenha dívidas não pagas ou vencidas, negociar e regularizar a situação, de preferência fazendo acordo pagando os juros, pois se acaso o acordo for baixo, você entrará em um status de quitação com perda, e dificilmente irá obter um novo crédito nessa instituição;
  4. Ter alguma ou mais de uma conta de consumo próprio exemplo: água, luz, telefone, gás, dentre outras e pagar em dia;
  5. Fazer seu cadastro positivo no sistema dos “bancos de score”;
  6. Solicitar, junto a uma agência da Serasa, a chamada “limpeza de consultas”;
  7. Usar o cartão de crédito quando puder (caso tenha) e pagar as faturas em dia;
  8. Movimentar sua conta bancária, e manter seu cadastro no banco atualizado também;
  9. Fazer um crediário em lojas como Magazine Luiza, Casas Bahia, Ricardo Eletro, etc, Essas lojas normalmente aceitam abrir crediário para quem tem score baixo;
  10. Informar sempre seu CPF em compras, seja em mercados, postos, lojas, etc. Isso vai ajudar a pontuar o seu CPF e movimentar seu histórico de compras;
  11. De acordo ao resultado do score, a empresa estabelece o risco da transação e pode ou não celebrar um contrato com o consumidor;
  12. Cada linha de crédito exige uma determinada pontuação mínima no score que pode ser determinante ou restritiva para concessão do crédito.

Cuidado com a frequência de pedido de crédito

Você sabia que “atirar para todos os lados” é perigoso para sua vida financeira? Alguns hábitos podem levar seu score abaixo, como pedir vários cartões de crédito, empréstimo ou aumento de limite ao mesmo tempo. Essa ação funciona como uma proteção para você mesmo, os sistemas entendem que pode ser uma pessoa má intencionada usando seu CPF para pedir crédito e para evitar isso, seu score é baixado para que os bancos/instituições não o liberem. Sua pontuação pode ficar baixa por algum tempo, e caso sua solicitação de crédito seja reprovada, o indicado é esperar cerca de 6 meses para fazer uma nova proposta.

É importante salientar que ter um bom score de crédito não significa garantia de obtenção de crédito, essa decisão é de cada empresa que tem suas próprias maneiras e critérios de fazer negócio.

Solicite aqui seu empréstimo pessoal

Leia também: Entenda como é feito o Empréstimo Pessoal

⚠ IMPORTANTE: Prestamos serviço GRATUITO. NUNCA faça depósitos para conseguir seu empréstimo. Dúvidas? Acesse nossa Central de Ajuda. X